terça, 11 dezembro 2018 10:55

Semana da Consciência Negra de Itabira

Parceria entre FUNCESI e Diretoria da Promoção da Igualdade Racial de Itabira tornaram realidade o Projeto “Educando Itabira sem Racismo”

“Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender; e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar. ”
(Nelson Mandela)

Consciente de sua condição de instituição formadora de pessoas, inserida em uma comunidade formada por diversas nuances raciais, a FUNCESI instituiu o Projeto de Extensão "EDUCANDO ITABIRA SEM RACISMO", orientado pelo Prof. Dr. Diogo Luna Moureira, numa parceria com a Prefeitura Municipal de Itabira através da Diretoria Para Promoção da Igualdade Racial, representada pela Diretora Maria Helena Primo Oliveira (Lena Primo).

O Projeto é constituído por um conjunto de ações capazes de promover reflexões sobre a inclusão social de crianças e adolescentes negros e a redução das desigualdades por intermédio de iniciativas dentro das escolas, com ênfase no resgate da autoestima e no compromisso cidadão com a diversidade, além de contribuir para a valorização da cultura afro-brasileira e na formação de multiplicadores e tem por objetivo demonstrar a seriedade que o tema inspira, provocar uma reflexão dos envolvidos acerca do preconceito em todas as suas formas e dos danos que ele provoca na vida de cada ser humano e assim, formar indivíduos mais solidários e tolerantes com as diferenças, além de resgatar valores e preservar memórias das comunidades formadoras da identidade regional e nacional.

Através da realização de rodas de conversas e mecanismos diversos na abordagem das várias questões relacionadas ao preconceito racial, exibição de filmes e palestras, para as crianças e adolescentes do ensino fundamental e médio, visando estimular debates em que os próprios alunos são levados a refletir sobre o impacto do preconceito e suas consequências na vida de toda a sociedade a começar pela escola.

Com o objetivo de valorizar a cultura negra e seus afrodescendentes, além de promover a reflexão e o resgate da identidade negra, aconteceu entre os dias 20 a 25 de novembro a Semana da Consciência Negra de Itabira, numa parceria entre a FUNCESI e a Prefeitura de Itabira, por meio da Diretoria para a Promoção da Igualdade Racial (DIPIR). A abertura oficial teve lugar no auditório da FUNCESI.

Durante a abertura do evento houve a formalização de parceria para o lançamento do Projeto “Educando Itabira sem Racismo”, com as presenças do Secretário de Governo, Ilton Magalhães, representando o prefeito Ronaldo Magalhães, da representante da FUNCESI - Flávia Pantuzza, do Secretário de Educação - José Gonçalves, da delegada de Polícia - Dra. Amanda Machado, e da diretoria de Promoção da Igualdade Racial - Lena Primo.
O Projeto “Educando Itabira sem Racismo” é constituído por um conjunto de ações capazes de promover reflexões sobre a inclusão social de crianças e adolescentes negros e a redução das desigualdades, por intermédio de iniciativas dentro das escolas, com ênfase no resgate da autoestima e no compromisso cidadão com a diversidade, além de contribuir para a valorização da cultura afro-brasileira e na formação de multiplicadores.

Depoimento
Cecília Mariana da Silva D’Avila e Rayane Antunes Maia, alunas do curso de Direito da Funcesi e voluntárias no Projeto, ao participarem da atividade na Escola Estadual José Ricardo Martins, disseram que, logo de início o projeto já demonstrou ser uma causa nobre. “E no dia 21 de novembro, ouvir crianças relatando as tristes experiências envolvendo o racismo, cativou o nosso espírito para lutar ainda mais pela causa”.
E continuaram: “Relembramos de um menino dizendo que sofreu racismo na própria escola, um ambiente que deveria servir como formação e acolhimento e saber que a professora que realizou o ato não foi devidamente punida causa um sentimento de indignação. Outra criança contou que seu pai ao trocar sua roupa reparou que suas pernas estavam com pelos dizendo que a menina já era negra e que com as pernas desta forma era pior ainda, podemos constatar também que o racismo acontece entre os próprios familiares”.
Finalizando, lembraram que “o último relato foi quando o menino contou que em uma discursão, da qual sua mãe participava, ouviu o outro sujeito a chamar de macaca. O aprendizado foi mútuo, pois nos possibilitou um novo olhar sobre a causa e um ânimo maior para espalhar estes conhecimentos. Portanto, a experiência da palestra foi muito gratificante, esperamos continuar ajudando no crescimento do projeto”.
Programação
A diversificada programação da Semana da Consciência Negra de Itabira obedeceu ao seguinte roteiro:
• Dia 20/11 – 18h30 – Abertura oficial, formalização de parceria entre a FUNCESI e a DIPIR para o Projeto “Educando Itabira sem Racismo” e a palestra “Empoderamento da Mulher Negra”;
• Dia 21/11 – Das 8h às 11h30 – Educando Itabira sem Racismo (Ações extensionistas FUNCESI e DIPIR na Escola Estadual José Ricardo Martins. Público Alunos do Ensino Médio e Fundamental 2.
17h30 – Cinema comentado: Moonlight, sob a luz do luar;
• Dia 22/11 - 8h30 às 10h – Educando Itabira sem Racismo (Ações extensionistas FUNCESI e DIPIR no Colégio Tiradentes da Polícia Militar Itabira (CTPM)) público: Alunos do Ensino Fundamental;
17h30 – Cinema comentado: Amistad;
• Dia 23/11 – 9h30 às 11h30 - Educando Itabira sem Racismo (ações extensionistas FUNCESI e DIPIR na Escola Estadual Professora Marciana Magalhães) público: Alunos do Ensino Médio;
17h30 – Mesa Redonda: Democracia, diversidade e reconhecimento;

Leia 250 times

Receba informações