sexta, 31 maio 2019 10:00

Capacitação do corpo docente

FUNCESI capacita seu corpo de professores com assessoria de experiente profissional da área da educação

A manhã de sábado, 18 de maio, foi diferente para o corpo de professores da FUNCESI. Nesse dia, com a valiosa assessoria de Cláudio de Moura Castro, economista, Mestre pela Universidade Yale e Doutor pela Universidade Vanderbilt, além de professor em diversas instituições renomadas no Brasil e fora do país.

Com o tema “O Professor Universitário no Mundo Atual: competências, desafios e inovação”, o professor Cláudio Castro definiu assim a dinâmica da atividade: “A ideia é de que, nessa primeira aula, eu trate de um conjunto de princípios do processo de aprendizado. E, a maneira como vamos fazer isso é apresentar cada ponto, de dez a quinze minutos, e depois mais uma discussão em pequenos grupos por mais dez ou quinze minutos. Então, com isso, nós vamos cobrir o território todo, alternando apresentação com discussão em grupo”.

“Hoje o Brasil tem um corpo de professores com mestrados e doutorados, e eles sabem o assunto. O problema é passar da cabeça deles para a cabeça do aluno. Ou seja, o que a gente pode chamar de pedagogia, pode chamar de didática ou pode chamar de dramaturgia porque o professor é um ator. E hoje nós temos muita pesquisa sobre esse processo de dar aula, alternativas de como dar aula e sabemos o que funciona, sabemos o que não funciona, ou seja, tem um acervo enorme de princípios, de ideias, de métodos, de técnicas e, por razões meio inexplicadas, isso não se ensina aos professores. Então, a minha proposta é repassar essas ideias fundamentais, que antes eram palpites, hoje é ciência”, explicou.

Finalizando, quando questionado sobre o que esperava da atividade envolvendo os professores da FUNCESI, o professor Cláudio foi taxativo: “Eu espero que eles descubram há muitas maneiras de dar aula e que algumas são melhores que outras”.

Para Regina Maria Pimentel De Caux, coordenadora do Núcleo de Atendimento e Desenvolvimento Psicopedagógico e Educação Inclusiva (Nadep) e responsável pela atividade, a capacitação docente é desenvolvida, de forma continuada, ao longo do ano. “São cursos, workshops, oficinas, palestras, relatos de experiências, a fim de estimular a construção de novos saberes e proporcionar aperfeiçoamento da prática profissional”.

“A maioria dos professores participou da capacitação e os temas trabalhados sempre procuram refletir a realidade do ensino superior no Brasil, seus desafios e também as tendências e inovações que estão presentes no universo educacional. Foram sugeridos temas pelo NADEP às Diretorias Acadêmicas, considerando também as contribuições dos professores nas avaliações das capacitações docentes realizadas em 2018”, esclareceu Regina.

A Capacitação Docente possibilitou reflexões importantes sobre as ideias estruturantes no aprendizado com base nas pesquisas em pedagogia e ciências da educação, examinou os fatores que influenciam na qualidade do ensino, como a participação ativa do estudante no processo de aprendizado, as contribuições da taxonomia de Bloom, a avaliação, a contextualização do ensino, o planejamento, a organização do tempo, o perfil do estudante, a leitura, dentre outros.

 As avaliações da Capacitação Docente com o Professor Cláudio Castro foram muito positivas e expressadas pelos professores: “a abordagem de vários temas com muito dinamismo, intercalando slides com a participação dos professores”; “a aplicabilidade prática dos temas abordados”; “certamente contribuiu bastante para refletirmos sobre as práticas pedagógicas, especialmente no que diz respeito a aulas meramente expositivas”; “a contribuição mais importante que eu pretendo aplicar diz respeito ao bom uso do tempo no aprendizado. Para isso, pretendo usar mais tempo estimulando o aluno por meio de desafios à aplicação dos conhecimentos ao caso concreto”; “estimular no aluno a leitura, nem que seja na sala de aula para garantir que ele leia”; “destinar tempo para planejar as aulas e escolher a bibliografia”; “foi importante a abordagem sobre as estratégias para o aprendizado do aluno”; "melhorar algumas estratégias como contar mais histórias e perguntar mais para os alunos.”

A capacitação teve a participação dos docentes, dos coordenadores de curso, dos membros do NADEP e também dos diretores acadêmicos, que além de saudar todos os presentes, enfatizaram o zelo da FUNCESI em sempre estar investindo na qualificação dos seus docentes e em todo o corpo técnico-administrativo.

 

 

 

Leia 518 times

Receba informações