quarta, 24 julho 2019 10:07

Curso de Fisiologia do Exercício na FUNCESI

Aula intensiva sobre a Fisiologia do Exercício trouxe mais conhecimentos para os alunos do curso de Fisioterapia

Aconteceu no dia 13 de julho, nas dependências do prédio do Areão, um minicurso com o tema “Fisiologia do Exercício”, ministrado por Henrique Silveira Costa, ex-professor da FUNCESI. Participaram do minicurso os alunos do 5º e 7º Períodos do curso de Fisioterapia.

Para o fisioterapeuta Henrique Costa, que foi professor da FUNCESI por três anos, a proposta para ministrar o curso de fisiologia do exercício “é uma das disciplinas base para a fisioterapia, é uma disciplina essencial que fala o que acontece com o nosso organismo na hora que a gente está fazendo exercício, seja ele exercício aeróbico seja exercício de força”. 

“Hoje teremos aulas práticas nas quais passaremos aquilo que o fisioterapeuta precisa saber de fisiologia do exercício para poder aplicar em seus pacientes. Vai ter aula teórica, aula prática no ginásio terapêutico, mostrando o que o profissional precisa fazer, botar a mão na massa, fazer demonstração, discutir porque isso é importante no nosso dia-a-dia, discutir tópicos atuais dentro da fisiologia do exercício, que tipo de nutrição, a dieta da proteína, o treinamento de alta intensidade que hoje em dia está muito na moda”, detalhou o professor Henrique.

Henrique, que fez Mestrado e Doutorado na UFMG, no Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina e hoje é professor adjunto da Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha/Mucuri no campus de Diamantina, falou um pouco sobre a profissão: “Sempre falo em sala de aula que, quando eu fui prestar vestibular, ouvia que fisioterapia era a profissão do futuro, envelhecimento populacional, o Brasil estava ficando um país de idosos e, de repente, todo mundo começou a fazer fisioterapia. Quando formei, em 2006, o mercado estava muito saturado”.

“Hoje o mercado está excelente, tem campo de atuação para todos os lados, em várias áreas, na atenção primária, dentro de hospitais, em clínicas, trabalhando com várias especialidades. O mercado está muito bom, procurando fisioterapeuta, mostrando o papel dele e o serviço que ele presta, as instituições estão gostando, hoje o mercado está ótimo. Quando alguém tem dúvida, eu recomendo a profissão porque o mercado está no ponto ótimo para a pessoa ser bem sucedida dentro da área”, finalizou.

Para Juliana Aparecida Braga Cruz, coordenadora do curso de Fisioterapia na FUNCESI, o curso de Fisiologia do Exercício é um curso de formação, de curta duração (extensão), semelhante a uma imersão em área de conhecimento específica para aprimorar conhecimentos prévios. “Como o mercado é muito amplo e está bastante promissor, precisamos formar profissionais cada vez mais capacitados e prontos para encarar esse desafio. Por isso trazemos professores com bagagem teórica e prática que possam contribuir com a formação dos nossos alunos”.

 “O minicurso de Fisiologia do Exercício com o professor Henrique foi de grande importância para a nossa formação, principalmente por se tratar de exercício físico aliado ao tratamento, uma vez que vamos lidar com esse assunto durante toda jornada acadêmica e prática clínica. É muito gratificante ter uma faculdade que se preocupa com a formação profissional dos seus alunos”, disse Mariely Perdigão, aluna do sexto período de Fisioterapia.

 Bárbara Nízia Torres Bersan Andrade, aluna do sexto período de Fisioterapia, falou que não tinha imaginado fazer esse curso, talvez por não ter muito conhecimento sobre a área. “Meu sonho inicial era medicina, porém, quando comecei a estudar, foi paixão à primeira vista. Me encantei pelo curso, pois vi na Fisioterapia uma forma de, assim como na Medicina, poder ajudar e até mesmo mudar a vida das pessoas. Isso, para mim, é de suma importância”, explicou.

 “É muito gratificante saber que você foi útil a alguém com o seu trabalho, que aquela dor que antes era tão incapacitante para seu paciente, hoje não o incomoda mais, ou que aquele paciente que antes não conseguia sequer levantar da cama, hoje consegue realizar todas suas atividades diárias. Por isso a aula de Fisiologia do Exercício foi enriquecedora, pois agregou não só conhecimento teórico mas prático também, por meio do desenvolvimento de habilidades que, com certeza, utilizaremos futuramente na prática clínica”, disse.

Leia 191 times

Receba informações