quinta, 29 agosto 2019 08:13

Delegado da Polícia Federal, Cristiano Campidelli, ministra aula inaugural na Funcesi

O itabirano retornou à cidade para conversar com calouros e veteranos sobre sonhos, valores e carreira

Para iniciar às atividades extracurriculares do semestre, os alunos e professores da Funcesi participaram da aula inaugural  “Um sonho possível”, ministrada pelo delegado da Polícia Federal, Cristiano Campidelli. Na noite desta terça-feira (20), o itabirano compartilhou com a plateia, momentos vividos durante a sua infância e pontuou lições importantes sobre os desafios enfrentados para ter ascensão na carreira jurídica.

 Na conversa, Cristiano falou sobre a importância dos estudos e da formação como edificações possíveis para o sucesso. Ele também destacou a relevância de se cultivar valores primários, como respeitar o próximo e ser honesto. “Fui delegado muito jovem, com 25 anos. Então, eu quis trazer para esta aula aquelas histórias que mais marcaram minha vida, que me levaram ser a pessoa que sou hoje, a chegar até aqui”, disse o delegado.

Cristiano ainda explicou o conceito de sorte para ele, que concorreu com mais de 50 mil pessoas a vaga para fazer parte da Polícia Federal. “Sorte é o encontro da preparação com a oportunidade. Eu estava preparado, estudei muito, e fazer a prova foi a oportunidade”, contou durante os relatos na palestra. O delegado ainda reforçou que, os alunos da Funcesi têm todas os artifícios para se prepararem, já que possuem professores de altíssima qualidade.

Voltar a Itabira como palestrante, segundo Cristiano, foi uma honra e emocionante. “Falar na Funcesi foi diferente porque estava falando para conterrâneos. O meu desejo foi passar para todos que me assistiram, que é possível chegar em qualquer lugar, mas não é fácil. É necessário trabalhar bastante, ter inteligência”, ressaltou o palestrante.

Para o coordenador do curso de Direito, professor Alexandre Pires Duarte, a presença do Cristiano na aula inaugural  foi um momento muito oportuno para os alunos, e principalmente para os calouros. “Além de toda a bagagem profissional dele, a palestra foi motivacional. Cristiano conseguiu resgatar valores, em situação corriqueiras, assim como a Funcesi propõe-se propagar, nas coisas simples”, disse Alexandre.

 

Leia 397 times

Receba informações